Imagem

27 anos de Chaves no Brasil


Anúncios

Erros de gravação



Esta é a ultima postagem desta serie que contou a historia do seriado, dos atores e curiosidades. nessa ultima post vamos fala de 10  erros de gravação do seriado Chaves.

No episódio da epidemia de gripe, em certa cena é possível observar ao fundo Seu Barriga e Seu Madruga conversando. Não seria um erro se eles não estivessem conversando com a produção…

No episódio do ano novo onde o pátio da vila fica cheio de brinquedos do Quico, na hora que Chaves desce o escorregador e rebate no Nhonho, é possível ver a corda que fica amarrada na cintura dele.

No final do episódio do Quico doente, quando ele está no tanque com o Chaves depois de ter tomado todo o vídeo do remédio, é possível ver pela janela a sombra de alguém passando dentro da casa do Quico.

No episódio do banho para o Chaves, a cesta desaparece, aparece em lugar diferente e depois reaparece em cima do tanque novamente.

No episódio do Quico doente, na hora que jogam remédio em cima do Quico o boné dele cai, então é possível ver que há cabelo grudado no boné

No episódio do banho para o Chaves, a cesta desaparece, aparece em lugar diferente e depois reaparece em cima do tanque novamente

No episódio do banho para o Chaves, a Dona Florinda acaba se adiantando e entrando errado na cena, então ela volta um pouco.

No episódio do banho para o Chaves, a janela da Dona Florinda está sempre aberta, mas quando Popis entra em cena ela aparece fechada.

No episódio ‘Vamos ao cinema’, em várias cenas que eles estão no cinema aparece um microfone suspenso no ar.

No episódio do dinheiro perdido dá para ver pelo reflexo do espelho o Quico esperando o Seu Barriga sair de cena para ele poder entrar.

Episodios Perdidos


Imagens do episódio "O primeiro dia de aula" em uma chamada de 2003

As explicações: Os episódios pararam de ser exibidos, em sua maioria no ano de 1992, de acordo com relatos e pesquisas, muitos dos episódios antigos exibidos até este ano, tinham versões mais recentes no novo lote que o SBT tinha adquirido em 92, então separaram vários episódios que eram muito parecidos e eles foram arquivados como programas antigos da emissora, assim tomando Chaves e Chapolin como feitos por eles, muitos deles foram encaminhados para o departamento onde fazem os comerciais e chamadas da emissora, isso já foi provado devido as inúmeras cenas de episódios perdidos e inéditos exibidos em vários comerciais, um grande exemplo era o antigo comercial do seriado onde se percebe cenas do episódio perdido “O primeiro dia de aula”. Mais de 60 episódios principalmente os de Chapolin estão arquivados sem nem mesmo terem ido ao ar, uma prova disso são os vários resumos de episódios que o programa Falando Francamente apresentado por Sonia Abrão, passava quase todos os dias.

Episódios Inéditos exibidos pelo Falando Francamente

01. As apostas
02. Brincando de escolinha

Imagens do episódio "As apostas " no programa Falando Francamente (também exibido no Cartoon Network/TLN)

     Afirma Cacá Vita, numa entrevista ao site www.chespiritoweb.cjb.net, que a emissora também não renovou o contrato de exibição de todos os episódios, este contrato é renovado de 3 em 3 anos e os que não são renovados não podem ir ao ar na íntegra (uma outra possível explicação pro SBT exibir trechos de episódios perdidos e inéditos em comerciais). A emissora chegou a pedir para a Televisa pouco tempo atrás, que liberassem os direitos de alguns episódios inéditos que a emissora tem em mãos e que estão arquivados, porém o pedido foi negado. Se o SBT não tivesse sido tão mão de vaca naquela época ao ponto de ter arquivado até episódios inéditos, eles poderiam estar no ar hoje.
Já o Gustavo Berriel, acredita que essa tal renovação não existe, se existisse a emissora renovaria o contrato não por episódio e sim por lote.
O mais intrigante é que nenhuma teoria sobre o SBT consegue explicar tudo, pois sempre há exceções.

linha

 A respeito dos episódios perdidos que voltaram em 2003

     Isso ocorreu devido a uma remasterização feita nos episódios realizada pela empresa CCE, onde puderam recuperar vários episódios que estavam nos arquivos da emissora há anos, e que por sorte puderam ser muito bem recuperados tanto o som quanto a imagem, assim se tornando episódios comuns e podendo ser exibido na íntegra sem problemas com uma qualidade boa o bastante. Nem todos os episódios foram encontrados, diz um funcionário que trabalhou no programa Falando Francamente, ele diz que resgatou estes episódios dos arquivos da emissora, e graças a ele ainda temos esperança de que o SBT ainda exiba episódios perdidos no futuro. Ele ainda afirma que o SBT tem muito mais episódios que imaginamos.

Episódios que voltaram em 2003:
01. Os chifres queimados do professor Girafales (Os chifrinhos de nozes)
02. A Chirimóia, versão 2
03. O cachorrinho da Chiquinha
04. Seu Madruga fotografo parte 1
05. Seu Barriga fantasma
06. O chiclete grudou no Chapéu
07. Seu Madruga, o velho do saco parte 3
08. Os Churruminos (Tem uma mosca no meu Café)

linha

Os atuais episódios perdidos no SBT

    Segundo a equipe técnica da emissora de Silvio, vários dos mais de 200 episódios que a emissora tem estavam com baixíssima qualidade de som e imagem, e que esse seria um dos principais fatores da emissora parar de exibir alguns destes, e afirmaram que nem mesmo com a remasterização conseguiram recuperar sua qualidade.
Mais eu creio que a razão para o SBT não exibir estes quase 60 capitulos das séries humorísticas de Chespirito que hoje consideramos “perdidos”, é a preguiça! A emissora é tão bagunçada que já conseguiu exibir o mesmo episódio duas vezes na semana, eles não importam com o que estão colocando no ar, eles apenas pegam a primeira fita que estiver ao seu alcance, invés de procurarem uma fita antiga e restaurada que não ia ao ar a muito tempo, eles preferem exibir aquele mesmo episódio desgastado dos últimos dois meses.

10 melhores episódios de ‘Chaves’


No 28º post sobre os 27 anos de Chaves no Brasil. . O jornal peruano  listou os dez melhores capítulos da série, que em pouco mais de 20 anos de gravações teve 411 episódios produzidos.

De todos os episódios da série, o SBT exibe regularmente 150 capítulos e outros poucos apenas em ocasiões especiais. Muitos fãs acreditam que esses episódios foram perdidos em um incêndio, mas o mais provável é que a emissora não os exibe por falta de organização ou perda de direitos de transmissão.

Confira na galeria os melhores capítulos de Chaves selecionados pelo jornal peruano. Algumas histórias foram gravadas mais de uma vez ao longo dos anos, tendo mais de uma versão em diferentes temporadas.

10º – O Radinho do Quico (1975)

 Um dos raros episódios, Chaves e Chiquinha ficam interessados com o novo presente de Quico, que, como sempre, não quer dividir a novidade com os amigos. É aí que Chaves arremessa o rádio na boca de Quico, que o engole e passa a transmitir a programação toda a vez que abre a boca.

9º – Seu Madruga Velho do Saco (1975) 

Sem dinheiro, Seu Madruga começa a trabalhar recolhendo coisas velhas e usadas pela rua. Amedrontado por Dona Florinda sobre o homem que sequestra crianças desobedientes, Quico e Chaves veem Seu Madruga como uma ameaça e aprontam para cima dele.

8º – As Novas Vizinhas (versão de 1972)

Versão inédita no Brasil. Com a chegada de novas moradoras, Patty e sua tia Gloria, os homens da vila ficam todos interessados, causando ciúmes em Chiquinha e Dona Clotilde. A pedido de Seu Madruga, Chiquinha cuida da porta de casa e causa a maior confusão dando recados errados paras as vizinhas
 

7º – O Bilhete de Loteria (1974) 

 Capítulo inédito no Brasil. Seu Madruga vê no jornal que é ganhador do prêmio máximo da loteria, mas não consegue encontrar o bilhete. Ele passa todo o episódio procurando-o, e quando o acha, Chaves lembra que o bilhete é para o sorteio do dia seguinte

Episódios Legendados (Inflama2 – Usuário do Youtube)

6º – Os Refrescos do Chaves (versão de 1972)

Com uns trocados ganhos da Bruxa do 71, Chaves monta uma barraca de refrescos, vendendo ‘suco de limão, que parece tamarindo e tem gosto de groselha’. Invejoso, Quico monta sua própria barraca e a confusão é armada.

5º – A Festa da Boa Vizinhança (1973)

Para acabar com todas as desavenças, os moradores da vila tentam criar uma festa de confraternização, mas tudo vai por água abaixo com as brigas de Seu Madruga e Dona Florinda. Quem não se lembra dos versos de ‘Volta o Cão Arrependido’ apresentado por Chaves?

4º – Seu Madruga Professor (1975)

Em mais um episódio na escola, Professor Girafales tem um imprevisto e deixa seus alunos aos cuidados de Seu Madruga. Impressionantemente, o pai de Chiquinha consegue manter todos entretidos com uma interpretação de por que não se deve tocar em objetos com o símbolo da caveira

3º – Os Espíritos Zombeteiros – partes 1 e 2 (1974)

Seu madruga é sonâmbulo e todas as noites coloca pratos no barril do Chaves. Dona Clotilde, então, acredita que há espíritos no local e convoca a todos para uma sessão de espiritismo – assustando ainda mais os moradores da vila

2º – O Ladrão da Vila (1974)

Com uma onda de roubos pela vizinhança, causado pelo estranho Senhor Furtado, Chaves é acusado por todos de ladrão. O personagem principal, então, decide abandonar a vila, mas é impedido pelo arrependido ladrão, que devolve todos os objetos

1º – Férias em Acapulco – partes 1, 2 e 3 (1977)

Um dos episódios mais queridos pelos brasileiros. Ao ganhar um final de semana em Acapulco em uma promoção, Chiquinha e Seu Madruga causam inveja em todos da vila, que os seguem para o balneário mexicano e lá vivem várias aventuras

Anucio do Novo Horario do Ler9


Série do Kiko


Não foi só Maria Antonieta que fez outro programa além de Chaves em sua carreira, Carlos Villagran após sair das séries de Chespirito em 1979 por motivo desconhecido (existe só boataria) foi trabalhar na Venezuela, onde fez vários programas solos.

Ao todo foram gravadas 5 séries: “Kiko Botones” (1985)“El circo de monsieur Cachetón”, “El Niño de papel” (1981), “Federrico” (1982/83) e “¡Ah que Kiko!”. Um programa foi exibido no Brasil em 1991 na Rede Bandeirantes, incluindo 3 desses série: “Federrico”, “Kiko Botones” e “Niño de papel”, conhecidos no Brasil como “Kiko” , “Kiko Maleta” e “Kiko Menino do Jornal” respectivamente. Ramon Valdez participou dos quadros “Federrico” e “¡Ah que Kiko!”, ou seja, nos primeiros episódios de Kiko fora de Chaves e nos últimos, pouco antes de vir a falecer. Acompanhe os quadros que passaram no Brasil: Kiko (Federrico): Nesta série, o personagem Kiko morava em um apartamento e não mudava muito. Era praticamente o que era se visto no programa Chaves pórem mesmo assim com uns toques diferenciados. Villagran usava um terno branco de marinheiro, com os detalhes em vermelho. O azul elétrico havia ficado em Chaves e o seu chapéu agora era amarelo, a mãe dele era uma senhora baixinha e gorda e ele possuía um amigo dentuço, espécie Nhonho. Esta série teve 2 fases, uma chamada “Federrico” e outra mais tarde chamada de “Las nuevas aventuras de Federrico” com uma nova direção e já sem a participação de Ramón Valdez.

  

Veja a abertura desta série no exterior:

Kiko cantando a música “El sapito” (Aquela mesma do FBV)

Kiko Maleta (Kiko Botones): Kiko trabalhava em um hotel com roupa de funcionário hoteleiro. Chapéu típico de filmes e um uniforme verde musgo, ou seja, em nada lembrava a sua roupa de marinheiro. Ele tinha dois amigos, sendo que um deles era muito magro e alto, curiosidade ou não um era mais alto que o Professor Girafales. O outro era interpretado pelo mesmo ator que fazia o tal amigo dentuço citado acima. Essa série era muito cômica e as situaçõessempre aconteciam no hall do hotel e nos corredores.

Trecho curto da série Kiko Botones

Kiko Menino do Jornal (El Niño de papel): Neste quadro o terno era azul, mas não elétrico, era azul claro. Kiko vivia um menino pobre, parecido com Chaves que entregava jornais para ajudar seu avó, que tinha sérios problemas. Neste quadro também curiosamente havia uma menina parecida com a Chiquinha, do qual Kiko sempre aprontava.

Veja uma chamada de um episódio desta fase no exterior

Os outros quadros não foram apresentados ao povo brasileiro, a dublagem era MAGA. Em “El circo de monsieur Cachetón” Kiko interpretava monsieur Cachetón, um dono de circo muito atrapalhado. E Em “Ah que Kiko”, o personagem era o mais próximo da vila, sua roupa era diferente pórem suas atitudes também, porém o cenário não parecia nem um pouco com uma vila, nesta fase participou Ramon Valdez, o Seu Madruga que saiu de Chaves por solidariedade a Villagran (e claro para faturar uma graninha).

Abertura de Ah que Kiko

Ramon Valdez interpretava um vendedor que cuidava de uma loja de artigos e produtos para o lar. Teria Carlos Villagran dado vida à popular “Venda da esquina?”, será que o Seu Madruga deu vida ao “Dono da venda”? Pois é, que diria que um dia o homem que tanto comprou fiado iria virar dono de uma loja…

Trecho dublado em português que saiu em formato de Box de DVD

Abertura da série “El circo de monsieur Cachetón”

Trecho da série “El circo de monsieur Cachetón”

Anucio do Novo Horario do Ler9

Aqui Esta La Chilindrina


O que muita gente não sabe é que a atriz Maria Antonieta de Las Nieves, não interpretou a Chiquinha só no circo e nas séries de Bolaños, ela teve uma série de televisão no México onde protagonizou à mesma. Seu nome: “Aqui está la chilindrina”. A série foi produzida em 1994 pela Televisa, quem a idealizou foi a atriz Maria Antonieta, logo após o termino das gravações de Chaves, a interprete de Chiquinha não quis parar de fazer televisão, pois na época estava com apénas 45 anos, era a mais jovem do elenco. Chamou para dirigir a série o seu amigo Ruben Aguirre Fuentes, interprete do professor Jirafales da série Chaves.


O programa teve apénas 17 capítulos, ele foi sacado da programação da Televisa na época para ser exibido “Las Ruedas de la Fortuna” um programa de games apresentado pela popular Laura Flores. Foram apénas quatro meses de gravação, pórem foram oito anos de sucesso. Os canais 4, 5 e 2 da Televisa reprisaram o programa por oito anos, inclusive no horário nobre, sempre registrando bons indicies de audiência, deixando a emissora em primeiro lugar absoluto.O programa se passava em um convento de freiras, Chiquinha era uma menina abandonada pelos pais, e foi viver com as freiras e seu cachorro, lá ela apronta muita confusão com as freirinhas e interpreta brilhantemente a menina levada de sempre, porém sempre era punida pelo padre e pela madre superiora, seu grande amigo dentro do convento era o jardineiro.

Um dos grandes culpados pela série sair do ar foi Roberto Bolaños, ele apoio

u Maria Antonieta no início, mas depois com uma confusão nos tribunais, Roberto Bolaños queria ter seu nome nos créditos, pois para ele, Chiquinha era sua personagem. Maria Antonieta nessa época ficou mal vista pelos chefões da Televisa que a queriam fora do ar, porem ela teria então o apoio do falecido “Lopes Azcarruega” que deixou a série no ar enquanto foi diretor geral da Televisa. A série acabou porque Maria Antonieta se recusou a por o nome de Chespirito nos créditos, pois para ela, Chiquinha era sua personagem e sua criação, por essa causa Roberto Bolaños não tinha nenhum direito sobre ela.