Ramón Valdez: A vingança nunca é plena, mata a alma e envenena


O Ler9’s Blog hoje reapresenta a postagem sobre Ramón Valdez, da serie  de post “27 anos de Chaves no Brasil”, em homenagem a ele que faz 24 anos de seu falecimento. Ramón Gómez Valdéz y Castillo nasceu na Cidade do México, mas ainda bebê se mudou com a família para Ciudad Juárez. Tornou-se ator assim como os irmãos, Germán “Tin Tan” Valdez (1915-1973), um dos maiores comediantes do México, e Manuel “El Loco” Valdez (1931). Com um papel de um alcóolatra, Ramón entrou em 1969 no programa Los Supergenios de La Mesa Cuadrada, ao lado de Roberto Gómez Bolaños,Ruben Aguirre e Maria Antonieta de Las Nieves. Logo, Bolaños criou Chavese Chapolin.

Ramón foi convidado e aceitou participar das séries, alcançando grande sucesso. Segundo os colegas de trabalho, Valdez era conhecido por ser muito parecido como o próprio personagem. Vestia-se com simplicidade e vivia a vida de forma tranquila, apesar de ter personalidade forte. Todos tinham respeito e admiração por Valdez. Bolaños afirmava constantemente que ele era um dos maiores atores do México.

Ele ficou no programa até 1979, quando Carlos Villagrán, o Quico, deixou o elenco para ter seu programa solo, após desentedimentos com Bolaños. Todos do elenco tinham admiração e respeito por Valdez ; o mesmo não ocorria com Villagrán , que acabou isolado. Valdez foi o único que continuou a ter amizade com Villagrán e acompanhou-o na carreira solo (sendo substituído por Raul Padilla). Durante o tempo em que ficou fora das séries,de 1979 a 1981, foi alvo de criticas de Bolaños. Em 1979, Bolaños deu uma entrevista em que criticava muito Ramón e Villagrán.

Sobre Valdéz, Chespirito disse que ele não tinha nenhum engenho, era mais barato que Villagrán e que estava louco. Como Bolaños sentia muita falta de Valdez, apesar das críticas virulentas, tempos depois, em 1981, ele retornou ao elenco de Chespirito, após desentendimentos Villagrán. Entretanto, a alegria durou pouco e ele ficou por pouco tempo. Sua segunda saída aconteceu por causa de desentendimentos com Florinda Meza, a respeito da composição dos personagens interpretados por Valdez. Como Meza alcançava também as funções de produtora e diretora de Chespirito , ela começava a dar sugestões que nada agradaram ao ator.

Personagens de Ramón Valdez no Chapolin

1972

Parabéns Sargento!/O Julgamento/O Bandido Mata-Fácil

Nesse episódio, Ramón é um caubói do velho-oeste, pai da personagem de Maria Antonieta de Las Nieves. Ao saberem que o bandido Mata-Fácil está chegando, o povo da cidade foge, com a excessão de Ramón, que fica para provar que é corajoso. O bandido chega e derrota Ramón, o jogando contra a parede. Mata-Fácil luta com Chapolin e, quando está prestes a ganhar, desmaia após uma pancada de Ramón.

1973

As Pirâmides do Egito

Nesse episódio, Ramón é um arqueólogo que, junto com a filha (Florinda Meza) e o futuro-genro (Carlos Villagrán), chegou a uma pirâmide para encontrar os valiosos tesouros. Ao saber que a pirâmide não contém tesouros, Ramón e sua filha decidem ir, mas Carlos resolve roubar a múmia. Contra isso, os dois chamam o Chapolin Colorado. Eles procuram Carlos enquanto fogem da múmia. No final, eles descobrem que o guarda (Ruben Aguirre) já havia roubado a múmia e colocado Carlos no lugar. Ramón roubou a arma de Ruben e o rendeu.

O Espião Invisível

Nesse episódio, Ramón é um famoso e brilhante cientista, que teme que seu mais famoso invento, um líquido que deixa os objetos invisíveis, caia em mãos erradas. Por isso, expulsa o jornalista (Carlos Villagrán) de sua casa. O Chapolin Colorado é chamado, mas não percebe os móveis invisíveis. Enquanto isso, o espião internacional Severiano Miron rouba o líquido e fica invisível. Eles percebem que o efeito de invisibilidade passa rápido e, depois de uma luta, Chapolin derrota Miron.

1974

O Anel de Brilhantes

Nesse episódio, Ramón percebe que um valiosíssimo anel de brilhantes desapareceu. Mesmo com a insistência de sua empregada (Florinda Meza) em que um bandido pode ter entrado pela janela, Ramón pensa que foi ela quem roubou e que, se ele não encontrar o anel, chamará a polícia. A empregada chama o Chapolin, que nocauteia Ramón. Quando acorda, Ramón mostra aos dois um detetive (Carlos Villagrán) que se ofereceu para investigar. Na verdade, o detetive é um ladrão. Ele prendeu Ramón e Chapolin num quarto, mas Chapolin, usando suas Pastilhas Encolhedoras, fugiu e derrotou o ladrão.

A Casa Caindo de Velha

Nesse episódio, Ramón é um velhinho que mora com sua neta (Florinda Meza) em uma casa que está desmoronando. Consantemente, Ramón se machuca com buracos e porta. O senhorio (Carlos Villagrán) decide despejá-los quando os dois decidem não pagar o aluguel. Com medo do despejo, Florinda chama o Chapolin. Pessimista, o velho acha que deveriam ter chamado outro herói. O senhorio chega com os carregadores e comça a tirar as coisas da casa. No fim, Carlos vê que a casa está desmoronando e decide não mais cobrar o aluguel.

1975

A Mordedura de Serpente

Neste episódio, Ramón está acampando com sua filha Clarissa (Florinda Meza) e com seu futuro-genro Fredegundo (Carlos Villagrán). Um homem bastante ativo, que gosta de fazer execícios bem cedo, Ramón percebe ao acordar Fredegundo para acompanhá-lo, que sua filha não estava na barraca dos dois, sendo informado que os dois brigaram e ela saiu da barraca de noite. Depois de chamar o Chapolin, Ramón e Fredegundo encontraram Clarissa, que disse ter sido picada por uma serpente. Ramón e Chapolin tentam encontrar remédios na cabana, mas sem sucesso. Em seguida, inicia-se a tentativa de buscar o antídoto num acampamento próximo, e mais tarde, de se levar Clarissa ao tal acampamento de padiola. Depois eles descobrem que Clarissa não foi picada, apenas sentou em um alfinete.

O Planeta Selvagem

Nesse episódio, Ramón está é um astronauta que viaja com seu parceiro (Carlos Villagrán) ao planeta Vênus para coletar amostras das fantásticas pedras venusianas. O que eles não contavam é que o piloto automático do foguete os deixaria presos no planeta. Com o ajuda do Chapolin Colorado, eles tentaram voltar, mas sem sucesso. Ao fim, os dois astronautas decidiram ficar em Vênus com as nativas.

Os Gêmeos Dançarinos

Nesse episódio, Ramón é um zelador substituto do teatro com um sério problema de raiva, sendo capaz de matar qualquer um que o zombe. Pensando que os gêmeos são apenas um homem, Ramón se zanga com as ordens equivocadas dos irmãos. Com a ajuda do Chapolin, Ramín bate em um dos gêmeos, que desmaia. Pensando que mataram-no, os dois escondem o homem e se assustam ao pensar estar vendo seu espírito, mas é apenas o outro irmão. Tudo se explica e Ramón dança junto com todos.

A Múmia do Museu

Nesse episódio, Ramón é um bandido, comparsa do personagem de Carlos Villagrán. Os dois são contratados pelo personagem de Ruben Aguirre para tirar uma múmia de dentro do museu, substituindo-a por Ruben fantasiado. Ramón e Carlos disfarçaram a múmia e tentaram sair do museu, o que não conseguiram fazer pela quantidade de guardas. Eles devolveram a múmia e acabaram sendo presos. 

A Mansão dos Duendes

Nesse episódio, Ramón é um homem que deseja comprar a casa que Florinda queria colocar a venda por medo dos duendes. Mesmo ela não tendo posto um anúncio sobre a venda, Ramón disse que já sabia, pois tem o poder da vidência. Ele começa a vasculhar a casa procurando duendes e confunde o Chapolin com um. Carlos, o marido de Florinda, conta que reconheceu Ramón: foi ele quem lhes vendeu a casa. Ramón leva a Água da Jamaica, bebida que os duendes adoram, para capturar alguns, mas não consegue. Carlos o desmascara, revelando seu plano: vendia casas, assustava os moradores com bonecos eletrônicos e as comprava de volta por um preço menor. 

Pedintes em Família

Nesse episódio, Ramón é mendigo, que intimida as pessoas em uma praça e as ameaça com um revólver para que lhes dê dinheiro. Quando outra mendiga (Florinda Meza) tem seu dinheiro furtado pelo bandido, Chapolin é invocado. O mendigo guarda o dinheiro em uma bolsa, onde apóia sua cabeça enquanto dorme. Chapolin tenta pegar diversas vezes o dinheiro, mas não consegue. Ele luta com o mendigo, que revela que a outra mendiga é sua filha. Pressionados pelo Chapolin, eles decidem trabalhar honestamente.

Sai de Baixo Que Lá Vem Pedra

Nesse episódio, Ramón é um pesquisador, que estuda os aerolitos, junto com sua filha (Florinda Meza) e seu genro (Carlos Villagrán) em uma áerea onde ocorrem chuvas de aerolitos. Sempre zangado quando dizem que os aerolitos são pedras, Ramón percebe que perdeu seu caderno de anotações. Ele chamam o Chapolin Colorado para ajudar a procurar em baixo dos aerolitos, mas sem sucesso. Depois de uma violenta chuva de aerolitos onde Florinda machuca o braço, Ramón insiste em procurar seu caderninho na casa, que pode desabar a qualquer momento. Chapolin o convence de deixar a casa. É quando Ramón percebe que o caderninho estava em seu bolso o tempo todo.

1976

O Vazamento de Gás

Nesse episódio, Ramón é o vizinho de baixo de Florinda e Carlos e vive reclamando das músicas altas que Florinda escuta. Depois de uma explosão de gás na casa de Florinda, o Chapolin ajuda a procurar Carlos e Florinda. No andar de baixo, Ramón tenta ler, mas tem seu lustre puxado por Carlos, que, sem saber, está puxando o fio do lustre. Ramón sente cheiro de gás e o Chapolin procura por outro vazamento no apartamento de Ramón. Ele vai checar no fogão e acende um fósforo, explodindo tudo.

1977

O Menino Que Jogou Fora os Brinquedos,

 Nesse episódio, Ramón é um ladrão, que invade a casa do menino que mentia (Maria Antonieta de Las Nieves). Como o menino sempre inventava essa história, ninguém acreditou que um ladrão havia entrado em casa. Por diversas vezes, Ramón entrou na casa e roubou brinquedos. O Chapolin, depois de derrotá-lo, descobriu que o ladrão apenas roubava os brinquedos para dar ao seu filho, que é muito pobre. Eles concordam em dar brinquedos ao ladrão. 1978

O Anel Mágico

Nesse episódio, Ramón é um homem falido que, sem dinheiro para pagar sua empregada (Florinda Meza), decide demití-la. Ela não aceita a demissão, dizendo que é um bruxa e, como ele foi muito bom com ela, o ajudará usando seu anel mágico, com o qual pode invocar qualquer coisa. Ramón decide roubar o anel para poder escravizar a humanidade. A empregada chama o Chapolin, que derrota o patrão e Sigmund Freud (Carlos Villagrán), que foi invocado por Chapolin. Depois, Ramón decide que foi melhor ter deixado a empregada ir com o anel.

Fotos no Museu, Não!

Nesse episódio, Ramón é um visitante do museu, que, depois de ser impedido de tirar fotos pela guia (Florinda Meza), discute com o Dr. Chapatin. Depois, descobre-se que Ramón é um bandido que, junto com seu comparsa (Ruben Aguirre) que se fantasia de estátua, furtam artefatos do museu. O Chapolin descobre esse plano e, fingindo-se de estátua, faz os dois brigarem e os derruba. Os dois são presos.

Vida pessoal

Ramón Valdez casou-se três vezes e teve dez filhos. Uma de suas esposas foi a cantora mexicana Aracely Julián. Ele é tio de Cristian Castro , famoso cantor mexicano e filho de Verónica Castro com Manuel “El Loco” Valdez. Fumante inverterado, Ramón Valdez começou a ter complicações com sua saúde a partir de 1988. No tempo em que ficou internado do hospital, seu filho Rafael Valdez conta que Ramón fumava escondido das enfermeiras. Porém, duas semanas antes de morrer, entrou em coma e faleceu após complicações do câncer de pulmão. O falecimento de Ramón Valdez chocou a todos os colegas de trabalho. Maria Antonieta de las Nieves soube da morte do colega de trabalho durante a apresentação em uma turnê de seu circo e saiu de cena chorando, pois considerava-o como um pai. Angelines Fernandéz ficou horas ao lado do caixão expressando “Mi Roro, mi roro”.Edgar Vivar sente saudades das vezes em que dava carona a Valdez até os estúdios, pois moravam praticamente a poucos metros de um do outro.

Morte

Um fumante assíduo, Ramón foi internado com um câncer. Faleceu em 09/08/1988. Carlos Villagrán disse que o visitou e combinou “se encontrar com ele no céu”, mais Ramon se contrariou, mantendo o bom humor e disse “Não se faça de louco, nos vemos lá embaixo no inferno”. Valdez faleceu. Sua morte foi duramente sentida pelos amigos mais próximos: Segundo sua filha, Angelines Fernández ficou muito tempo ao lado do túmulo de Valdez, conversando com ele. Edgar Vivar diz ter sabido da notícia ao voltar de uma viagem, ainda no aeroporto. Bolaños disse que o único humorista que já o fez rir de verdade foi Valdez. Maria Antonieta se emocionou em uma entrevista em uma pergunta sobre Valdez, chorando muito, de Las Nieves disse que Valdez era como seu pai.
Frases Famosas
Você não sabe o que é sentido figurado? Na escola não te dão aulas de geometria?
Essa caveira significa prerigo, entenderam bem? PRE-RI-GO!
Mas de qualquer forma eu queria saber como é que eu vou pagar tudo isso, não responda.
Olha, se existisse Olimpíada para idiotas, você ganharia a medalha de ouro!
A barriga é a última que morre Seu Esperança.
Pra aprendermos outro idioma temos que estudar anatomia, já que a língua faz parte do corpo humano.

Não há nada mais trabalhoso que viver sem trabalhar!

O trabalho não é ruim. Ruim é ter de trabalhar!

Somente um idiota responde uma pergunta com outra pergunta

Isto é uma caliúnia! Uma caliúnia! Você sabe o que é uma caliúnia?

Eu sabia que você era idiota, mas não a nível executivo!

“Posso não ter um centavo no bolso, mas tenho um sorriso no rosto e isso vale mais que todo dinheiro do mundo.”

A virtude do bem viver está nos princípios morais, minha filha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s